sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Resenha #6: A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar

Share it Please

Autor: Esther Earl, com: Lori e Wayne Earl
Tradução: Regiane Winarski, Edmundo Barreiros e Lourdes Sette
Editora: Intrínseca
Gênero: Biografia
Número de Páginas:437
ISBN: 9788580574661


Sinópse:

Diagnosticada com câncer da tireoide aos doze anos, Esther Grace Earl era uma adolescente talentosa e cheia de vida. Fazendo jus ao nome, que em persa significa “estrela”, ela marcou todos em seu caminho com sua generosidade, esperança e altruísmo enquanto enfrentava com graciosidade o desgaste físico e mental causado pela doença. Filha, irmã e amiga divertida, alto-astral e inspiradora, Esther faleceu em 2010, logo após completar dezesseis anos, mas não sem antes servir de inspiração para milhares de pessoas por meio de seu vlog e dos diversos grupos on-line de que fazia parte.
A estrela que nunca vai se apagar é uma biografia única, que reúne trechos de diários, textos de ficção, cartas e desenhos de Esther. Fotografias e relatos da família e de amigos ajudam a contar a história dessa menina inteligente, astuta e encantadora cujos carisma e força inspiraram o aclamado autor John Green a dedicar a ela sua obra best-seller A culpa é das estrelas. 


Resenha:

O que falar desse livro meu Deus?
 A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar foi um livro diferente de tudo que eu li. Minha primeira biografia e eu me surpreendi. Esther foi uma guerreira que ficou famosa na internet, fã de Harry Potter, ela conheceu John Green num evento de Potterheads. E ele conheceu ela do jeito que ela é. Ele se encantou com Esther e escreveu A Culpa é das Estrelas dedicado a Esther mais ela não pôde lê-lo, ela morreu antes disso.
 O livro é ilustrado com desenhos e folhas do diário de Esther. Ela tem um canal no YouTube  e dois gatos.
 A morte de Esther deixou milhões de pessoas que a amavam chocados.

Nota: 5 Estrelas.






















9 comentários:

  1. Que amor! é uma história muito bonita vou procurar ler! eu não sabia que a culpa das estrelas tinha sido dedicado a ela... mas só pelo que li na resenha Esther mereceu e merece muito mais!

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou muito fã de biografias, mas pelo que sei da história dela é muito bonita mesmo, o livro deve ser lindo! A Culpa É Das Estrelas é lindo e foi uma homenagem super merecida!

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thiago! Tudo bem? Ah, esse livro parece ser muito bom e comovente. Adorei a resenha! <3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não lembrava que ela faleceu antes do lançamento de A Culpa é das Estrelas, confesso que não sou fã de ACEDE, não gosto da escrita do John Green, mas fiquei bem curiosa para conhecer a história da vida dela, minha prima tem esse livro e espero um dia ter a oportunidade de ler.

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto de biografias, mas essa nunca tinha me chamado muito a atenção, e o fato de não ter gostado de ACEDE é um dos agravantes para eu não ter lido ainda.
    Mas eu tenho que deixar de preconceito e pegar esse livro para ler, que pelo visto é daqueles para ler com a caixinha de Kleenex do lado.
    xoxo

    planeta94.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Thiago,

    Tenho certeza que vou chorar horrores com esse livro, dai vou adiando a leitura, mas espero ler em breve.
    Adorei a resenha.
    Beijos!

    Cintia
    http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Awn que amor. Eu fico procrastinando ler esse livro exatamente pelo impacto que ele terá em mim. Ela foi uma guerreira que inspirou não só Green, mas milhares de pessoas :')
    Amei a resenha <3
    http://gordicesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Que tal um comentário?